Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Temos que afastar falsos dilemas sobre migração no Brasil

Em entrevista à DW, ex-secretário nacional de Justiça e representante de quatro entidades de direitos humanos fala das dificuldades de se estabelecer políticas migratórias e do racismo brasileiro embutido na xenofobia.

Por razões jurídicas, constitucionais e humanitárias é preciso rechaçar o fechamento da fronteira com a Venezuela, sustenta o advogado Beto Vasconcelos, ex-secretário nacional de Justiça e representante de quatro entidades de direitos humanos e imigração.

As quatro entidades – Conectas Direitos Humanos, Instituto Migrações e Direitos Humanos, Centro de Direitos Humanos e Cidadania, e Pia Sociedade dos Missionários de São Carlos – querem acompanhar este debate no Supremo Tribunal Federal e fornecer subsídios ao julgamento.

As políticas migratórias, diz Vasconcelos, que atuou nos ministérios da Justiça e da Casa Civil nos governos de Lula e Dilma, são reveladoras de valores e conceitos de um país. Impedir fluxos migratórios não só é um ato de estímulo à xenofobia, ao racismo e ao preconceito como, sobretudo, é violação constitucional e jurídica.

Em entrevista à DW Brasil, ele fala das dificuldades de se estabelecer políticas migratórias no país, do racismo brasileiro embutido na xenofobia, dos ranços da ditadura militar e sobre a necessidade crucial de informação e de criação de um aparato civil, e não militar, para tratar do tema.

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...