Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Secretário de Doria sobre escolas cívico-militares: “É difícil aderir a um programa que você não sabe o que é”

A secretaria considera que não está claro quem vai gerir a escola —se os militares ou a secretaria—, quem mandará neles e que papel exercerão nos colégios

É difícil aderir a um programa que você não sabe o que é. Nos deixa absolutamente em dúvida”. Com esta frase, o secretário de Educação do estado de São Paulo, Rossieli Soares da Silva, enviou um ofício com 23 perguntas ao Ministério da Educação tentando esclarecer os termos do programa de escolas cívico-militares.

O estado não aderiu até agora ao projeto. O prazo de adesão definido pelo MEC era até a sexta-feira (27). Além de enviar as perguntas, a secretaria paulista pediu novo prazo para estudar melhor o projeto. O ministério ainda não respondeu.

A proposta de implantação das escolas cívico-militares é uma das principais do governo de Jair Bolsonaro para a educação.

A secretaria considera que não está claro quem vai gerir a escola —se os militares ou a secretaria—, quem mandará neles e que papel exercerão nos colégios.

Leia mais: Revista Fórum

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...