2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Retrospectiva Tupiniquim, Por Janderson Lacerda

Das profundezas dos hades um velho Capiroto foi “teletransportado” para a República Tupiniquim. Ao som de muitas vaias e desaprovação popular é estabelecido o governo jaburu.

João Ramalho interrompeu seu estupro matinal por escandalizar-se com o regime de trabalho escravo implementado no jovem país. O objetivo, de acordo com o Capiroto, é a ordem e o progresso da nação!

A casa grande é edificada e os valores “MOROlistas” devem nortear as famílias brasileiras. A desigualdade social, fome e violência contra mulheres foram legalizadas.

Os anhangueras assumiram a pasta da educação; o ensino “estácio-nou”. Viva a escola sem partido, mas com religião!


A diversidade de gênero é proibida. Criminalizaram o pinto e enalteceram o pato.

O agro é pop, a carne é fraca e a CIA continua forte!

A corrupção é global, mas só José e Maria foram presos.  Enquanto isso, Marco Polo viaja com segurança pelas terras tupiniquins.

O santo que negava água, agora é glutão. Nosso realismo mágico é muito melhor do que o produzido pelo velho mago, Gabriel García Márquez – o santo “encapezado” comeu toda a merenda e, assim, praticou o primeiro pecado capital: a gula!

Ao som de mugidos, cacarejos, relinchos e latidos a ração humana é oferecida na terra da garoa.

Soltaram as baratas, prenderam o garotinho e destruíram o sistema prisional brasileiro.  

Até a Teori da conspiração foi assassinada! A impunidade reina e a vergonha não finda.

Corram com as malas, salvem o presidente e mantenha os acordos, viu?

Feliz ano velho!  

GGN

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador gratuito de visitas

Coluna

ÁFRICA SUBSAARIANA: ARENA INTERNACIONAL

O atual cenário geopolítico da região subsaariana é pautado por disputas entre as potências centrais e médias na busca das vantagens econômicas, a fim de garantir as riquezas naturais subsaarianas. No atual cenário de disputas geopolíticas em palcos africanos, destacam-se ações de antigos Estados...

Você é o que você se diz: a ciência do diálogo interno

Se você quiser variar a percepção que tem sobre você, precisa alterar seu diálogo interior. A forma como você conversa consigo mesmo condiciona sua capacidade de enfrentar as dificuldades e determina a tomada de decisões. A autoafirmação, ou pensar coisas positivas sobre nós mesmos, é uma...