Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Protestos confrontam EUA com velha mazela

Protestos confrontam EUA com velha mazela

Manifestações contra brutalidade policial e racismo têm raiz numa profunda frustração e desesperança entre a comunidade afro-americana. Muita gente na sociedade, dizem especialistas, não entende isso. Inclusive Trump.

Os protestos do lado de fora da Casa Branca atravessaram a noite. Por volta da 1h da manhã desta segunda-feira (01/06), helicópteros e fogos de artifício ainda podiam ser ouvidos em uma ampla área ao redor da sede do governo em Washington. Foi a terceira noite em que centenas de manifestantes marcharam ali para protestar contra a violência policial e o racismo.

Os protestos em Washington foram parte da agitação nacional que irrompeu após a morte de George Floyd, em Minneapolis. O afro-americano de 46 anos morreu em 25 de maio depois que um policial se ajoelhou no pescoço dele por mais de oito minutos, ignorando seus gritos de "Eu não consigo respirar." O motivo: Floyd estava prestes a pagar em um supermercado com uma nota supostamente falsa de 20 dólares.

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...