Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Por que Putin não tem pressa em congratular Biden?

Liderança russa espera que governo Biden seja um Obama 3.0 – mas também se prepara para um cenário pior, opina Konstantin Eggert.

   

Vladimir Putin está em silêncio. Ele não tem pressa em parabenizar Joe Biden por sua vitória na eleição presidencial dos Estados Unidos. Seu secretário de imprensa, Dmitry Peskov, explicou que a questão é a recontagem de votos em andamento exigida pelo presidente Donald Trump. Mas claro que não é isso.

Putin – um obcecado por nunca parecer fraco – quer mostrar a Biden que, apesar das sanções ocidentais e do isolamento internacional, não tem medo de enfrentar o novo "líder do mundo livre". Biden será o quinto presidente de Putin nos Estados Unidos, começando por Bill Clinton.

Putin tem sentimentos contraditórios em relação ao ex-vice-presidente. Por um lado, Biden foi um dos membros da administração de Barack Obama que não escondeu sua simpatia por Dimitri Medvedev, substituto de Putin em 2008-2012, e esperava que ele concorresse a um segundo mandato presidencial. Putin não esquece – ou não perdoa – tais "desfeitas".

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...