Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Mudança climática ameaça produção de alimentos, alerta ONU

Ao mesmo tempo que contribui para alterações climáticas, sistema alimentar atual é fortemente afetado por suas consequências, aponta IPCC. Relatório ressalta necessidade de conter desmatamento e monoculturas.

A população da Terra está crescendo e, com ela, o consumo. Esta tendência só irá aumentar em um futuro próximo, mas os recursos do planeta são limitados – e o solo não é uma exceção.

Um relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) publicado nesta quinta-feira (08/08) foca a conexão entre o uso da terra e seus efeitos sobre a mudança climática.

O relatório destaca como, em uma espécie de círculo vicioso, solos e florestas doentes agravam as mudanças climáticas, que, por sua vez, causam impactos negativos na saúde das florestas e do solo.

As conclusões do IPCC são resultado de dois anos de trabalho de 103 peritos de 52 países, que participaram voluntariamente do estudo. Antes do seu lançamento, o relatório foi discutido com os governos no início de agosto em Genebra, na Suíça, e aprovado por consenso por todos os países que participam do IPCC.

O relatório aponta que, se o aquecimento global ultrapassar o limite de 2ºC estabelecido pelo Acordo de Paris,  provavelmente as terras férteis se transformarão em desertos, as infraestruturas vão se desmoronar com o degelo do permafrost, e a seca e os fenômenos meteorológicos extremos colocarão em risco o sistema alimentar.

É um quadro sombrio, mas os autores do IPCC enfatizam que as recomendações do relatório poderiam ajudar os governos a prevenir os piores danos, reduzindo a pressão sobre a terra e tornando os sistemas alimentares mais sustentáveis, enquanto atendem às necessidades de uma população crescente.

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

Do oportunismo eleitoral ao compromisso social no ABCD

Em tempos de pandemia, assiste-se uma disputa por capital político que é uma barreira para a garantia do bem-estar da população. O medo que toma conta da população, devido a agressividade do vírus, não permite uma reação a altura dela, impondo as autoridades atitudes efetivas e eficazes na...

O texto inédito de Eduardo Galeano que antecipa sua visão da América Latina

‘Babelia’ adianta um fragmento de ‘Guatemala’, uma análise política do continente escrita em 1967, quatro anos antes de ‘As veias abertas da América Latina’ ‘Babelia’ oferece um adiantamento de Guatemala. Ensaio geral da violência política na América Latina, de Eduardo Galeano (publicado na Espanha...