2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Maioria dos brasileiros quer que Temer controle o preço da gasolina

Greve dos caminhoneiros abriu debate sobre política de preços da Petrobras. Levantamento aponta que 66,8% é a favor de controle na bomba

A crise aberta pela longa greve dos caminhoneiros em maio deixou sequelas difíceis de conter, como o debate sobre a política de preços flutuantes dos combustíveis aplicada pela Petrobras. Na queda de braço com os grevistas, o Governo Temer decidiu subsidiar o preço do diesel, mas segue negando que vá forçar uma alteração na forma de calcular o valor da gasolina. O desconforto com a alta na bomba, que alcançou 21,48% nos últimos 12 meses segundo o IBGE, segue em alta. De acordo com levantamento da consultoria Atlas Intelligence, 66,8% dos brasileiros acreditam que o Planalto deveria controlar os preços ao invés de deixá-lo flutuar segundo as oscilações do mercado internacional (opção escolhida por 25,5%).

 

Leia mais: El Pais Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

Estamos à beira de mais um colapso de civilizações?

Grandes civilizações não são exterminadas, mas acabam com a própria existência. Essa é a conclusão do historiador britânico Arnold Toynbee em sua principal obra, Um Estudo da História, dividida em 12 volumes. Ele explorou a ascensão e a queda de 28 civilizações diferentes. O historiador estava...

O negacionismo histórico como arma política

Está em curso no Brasil um revisionismo histórico com base na negação e na manipulação de fatos. Ele é promovido por seguidores da "nova direita" e pelo próprio governo Bolsonaro. E vai além do "nazismo de esquerda." Há um revisionismo histórico, com fins políticos, em curso no Brasil. Ele é...