Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

John Magufuli, o Bolsonaro africano

O polêmico e autoritário líder da Tanzânia defende a negação da pandemia e pede que os cidadãos continuem trabalhando

Um punhado de líderes políticos no mundo, com Donald Trump e Jair Bolsonaro no topo de lista, negaram o impacto do coronavírus e não quiseram adotar medidas, embora tenham atenuado seus discursos e ações à medida que seus países foram afetados. Na África, desponta a figura de John Magufuli, o polêmico presidente da Tanzânia, que praticamente não dá informações sobre os casos confirmados e os mortos. Ele também apela a Deus e a banhos de ervas para combater a doença, opõe-se a qualquer medida de confinamento e, há alguns dias, afirmou que tinha enviado amostras de um mamão e de uma cabra para análise e que deram positivo —numa nova tentativa de lançar dúvidas sobre a Covid-19 e seu verdadeiro impacto.

Leia mais: El Pais Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...