Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Histórias do continente africano: Um pouco de Moçambique

Supõe-se que o nome Moçambique derive de um comerciante árabe, Mossa Al Bique ou Ben Mussa Mbiki, estabelecido na ilha que dá nome ao país, há longa data. Isto leva a crer que, havendo comerciante, havia comércio; e que, havendo comerciante árabe no sul do Índico, o comércio entre o Oriente Médio e esta região deveria valer tanto a pena, que havia deslocado um árabe para comerciar por lá. O que se sabe, mesmo, é que, talvez, os primeiros habitantes da região sul de onde hoje está este país africano, tenham sido os povos khoi-khoi e san, hoje conhecidos pelos depreciativos nomes de hotentotes e bosquímanos. É possível que estes povos tenham se deslocado para a Namíbia e adjacências, onde hoje se encontram, obrigados pela expansão bantu, ocorrida, possivelmente, entre os séculos I e IV de nossa era. Historiadores indicam o período entre os séculos I e XII para a chegada contínua de populações oriundas do golfo Pérsico à região, sendo que geógrafos e arqueólogos convergem ao indicar pujante comércio entre a Índia e as terras de Sofala neste período, incluindo trocas de tecidos, ferro, ouro e outros metais. Como moeda local, eram utilizados os tubos das penas da asa de pato cheias de ouro, denominadas metical – o mesmo nome da moeda que, a partir de junho de 1980, é hoje corrente em Moçambique, no que serve, pela readoção do antigo nome, como afirmação da independência local. O que se sabe é que, há muito tempo, a região tornou-se importante pólo comercial no Índico; isto, de tal forma que seu crescimento deu origem a diversos Estados, iniciando-se pelo Zimbábwe.

Leia mais: Por Dentro da Africa

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...