Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Furacão político sacode Porto Rico

evelação de diálogos foi a gota d’água para queda do governador da ilha, que há anos sofre com endividamento e efeitos de furacão. Os porto-riquenhos estão indignados com seus representantes, opina Carolina Chimoy.

   Dois anos atrás, foi um furacão – hoje é uma tempestade política que sacode a ilha com cerca de 3,2 milhões de habitantes. Com seus protestos pacíficos nas ruas, centenas de milhares de pessoas indignadas obrigaram o governador a renunciar.

A última vez que tantos manifestantes tomaram as ruas de Porto Rico foi em 2017, quando o furacão Maria devastou a ilha, mas a ajuda de seu próprio país não se concretizou – ou seja, dos EUA.

Para compreender a tempestade política em Porto Rico, é preciso entender o que significa ser parte dos Estados Unidos da América: embora os porto-riquenhos paguem impostos nos EUA, eles não podem participar das eleições presidenciais e são representados no Congresso por uma parlamentar sem poder de voto. Então, quando se trata do uso indevido de fundos públicos, trata-se do uso indevido de dinheiro público americano.

Os manifestantes acusavam o ex-governador, Ricardo Rosselló, de ter usado fundos estatais para fins próprios. Adicione a isso o fato de que o território está fortemente endividado há anos e, portanto, praticamente insolvente.

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...