Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Europa teme corrida armamentista

Anúncio da retirada dos EUA de acordo de desarmamento com a Rússia provoca temor de disputa aos moldes da Guerra Fria. Na UE, todos se dizem favoráveis ao diálogo com Moscou, mas há poucas esperanças de renegociação.

A data era anunciada, a retirada dos EUA do Tratado INF já estava decidida há muito tempo. As reações na União Europeia vão do receio de uma nova corrida armamentista ao alerta de que é necessário se fazer todos os esforços para mantê-lo vivo - o acordo vence oficialmente em 2 de agosto. Mas até agora não há iniciativas concretas para isso.

O ministro do Exterior alemão, Heiko Maas, tentou nas últimas semanas. Ele foi a Moscou para conversar com o chanceler russo, Serguei Lavrov, mas acabou batendo com a cara na porta. O resultado de suas conversas com as autoridades de Washington foi semelhante.

No nível de um ministro alemão do Exterior ainda pouco experiente, pouco podia ser feito. Talvez tivesse sido esse mais um caso para Angela Merkel, que poderia conversar com Vladimir Putin e avaliar se e quais possibilidades existem para uma retomada das negociações.

Uma iniciativa alemã concreta mencionada por Maas é uma conferência sobre desarmamento planejada para março em Berlim, que, no entanto, não deverá abordar mísseis de médio alcance, mas ameaças para o futuro, como drones de combate, robôs assassinos e novos sistemas bélicos semelhantes.

Leia mais: DW Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...