Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Especial Filosofia Africana nos PALOP: Ouça série com autores africanos

Especial Filosofia Africana nos PALOP: Ouça série com autores africanos

Quando se fala em filosofia africana nos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) três nomes são incontornáveis: Severino Ngoenha, Filomeno Lopes e José Castiano. Severino Ngoenha e Filomeno Lopes ajudaram a fundar o que se denominou depois de Escola de Roma, já que construíram as condições para que a filosofia africana fosse estudada e se tornasse um objeto vivo de pesquisa em universidades italianas. Já em Moçambique, Severino Ngoenha e José Castiano desenvolveram um trabalho de institucionalização da filosofia que gerou uma escola de pensamento local, com jovens mestres e doutores sendo formados em suas universidades. Os trabalhos publicados por estes três autores ainda não têm ampla divulgação no Brasil e, por isso mesmo, essa série de entrevistas deve servir como um ponto de partida para estudantes e pessoas interessadas ampliarem esse diálogo.

Leia mais: Por Dentro da Africa

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...