Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Deputado venezuelano de origem portuguesa diz “não” a intervenção militar dos EUA

O deputado lusodescendente Manuel Teixeira, do Movimento Progressista da Venezuela (MPV), considera que é imprescindível e urgente a assistência humanitária aos venezuelanos, mas diz “não” a qualquer intervenção militar no país.  “Temos uma situação muito complicada por causa dos erros, não só do governo, mas também da oposição”, afirma o parlamentar de esquerda.

Questionado sobre a polémica da entrada de assistência humanitária no país, o deputado que em tempos foi apoiante de Chávez, não tem dúvidas: “Eu digo que é obrigatório, imprescindível para a população venezuelana receber ajuda. Quando vamos aos supermercados, às farmácias não há o que precisamos. Quanto aos medicamentos, a escassez é pior. Está à volta de 90%, disseram-me peritos”.

O deputado diz mesmo que espera que essa ajuda não seja apenas uma ajuda inicial, “oxalá dure no tempo”, no entanto realça que o mais importante é que o país saia desta crise e “comece a produzir”.

A posição do governo português reconhecendo a autoproclamação de Juan Guaidó enquanto Presidente interino encarregado de organizar eleições livres e transparentes não é considerada por Manuel Teixeira como um problema para a comunidade portuguesa.

“Pela importância da comunidade portuguesa na Venezuela, o governo venezuelano estará um pouco mais tranquilo do que em relação a outros países”, explica.

O momento de impasse político que se vive é motivo de grande preocupação para este político de esquerda.

Leia mais: Africa 21 Digital

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...