Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

A revolta latina, a crise americana e o desafio progressista, por José Luís Fiori

As recentes mobilizações na América Latina são diversas, mas têm um ponto em comum: a rejeição das políticas neoliberais

“Muitos no Departamento de Estado perderam todo o respeito por Mike Pompeo – por um bom motivo. Seu comportamento é uma das coisas mais vergonhosas que já vi em 40 anos de cobertura da diplomacia americana.” – Thomas Friedman, “Mike Pompeo: o último da classe em integridade”, The New York Times, publicado em português pela Folha de S. Paulo em 21 de novembro de 2019

Num primeiro momento, pensou-se que a direita retomaria a iniciativa e, se fosse necessário, passaria por cima das forças sociais que se rebelaram e surpreenderam o mundo durante o “outubro vermelho” da América Latina. E, de fato, no início do mês de novembro, o governo brasileiro procurou reverter o avanço esquerdista, tomando uma posição agressiva e de confronto direto com o novo governo peronista da Argentina.

Leia mais: GGN

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...