Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

A missão de Bruno Covas: evitar em São Paulo o colapso que vive Guayaquil, no Equador

Prefeito da capital paulista usa coletivas diárias para ‘implorar’ aos moradores que evitem sair de casa, enquanto a cidade ainda está longe da meta de isolamento social, de 70%

O prefeito de São Paulo tem uma missão: quer evitar de qualquer maneira que as horripilantes cenas vividas na cidade de Guayaquil, no Equador se repitam, em grande escala, em sua cidade, um monstro de arranha-céus, avenidas e 12 milhões de habitantes. Antes da pandemia, Bruno Covas enfrentava aos 39 anos um duplo desafio: curar-se de um câncer agressivo detectado pouco antes e batalhar pela reeleição. As eleições de outubro parecem agora tão distantes como janeiro, quando quase ninguém poderia imaginar que um inimigo microscópico paralisaria o planeta. A obsessão de Covas é que a megalópole respeite a quarentena para evitar um colapso como o da cidade equatoriana, com cadáveres sem ser recolhidos durante dias de suas casas. “Se as pessoas não ficarem em casa podem se repetir aqui cenas como as vistas fora (do Brasil) e aqui, em Manaus e Belém”, alertou, na semana passada.

Leia mais: El Pais Brasil

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...