Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

'A arte precisa combater a intolerância contra religiões de matrizes africanas’, diz Rafael Pondé

As religiões de matrizes africanas são parte da riqueza que liga os dois lados do Oceano Atlântico. No Brasil, país que mais recebeu africanos escravizados durante o tráfico transatlântico (séculos 16 a 19), elas são as mais atingidas por atos de intolerância religiosa. Neste 23 de abril, dia de Ògún, orixá conhecido por ser grande guerreiro, abrir caminhos e proteger as pessoas, o músico Rafael Pondé lança sua canção-manifesto pela liberdade à crença, à fé. “Todos temos direitos, quebre o seu preconceito e respeite o meu axé. Olhe para Jesus Cristo, que não fez distinção, isso sim é ser cristão”, diz a letra do samba “Candomblé é Sagrado”, que já pode ser ouvido no Spotify. Rafael contou ao Por dentro da África que decidiu compor a música após participar de um debate na Universidade de Howard, em Washington, Estados Unidos. Na ocasião, ele era o mediador de uma conversa entre o diretor do documentário ‘Mulheres de Axé’, Marcos Rezende, e os alunos da instituição.

Leia mais: Por Dentro da Africa

www.hschutzer.com.br/news/a40%c2%ba-concurso-publico-da-prefeitura-do-municipio-de-diadema/

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...