2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

VII Seminário Internacional Mulher e Literatura

26/06/2015 11:17

14 a 16 de setembro de 2015

O presente Simpósio tem como objetivo agregar estudos em torno da Literatura de recepção infantil e juvenil e demais produtos culturais para crianças e jovens, privilegiando aqueles que problematizam a discussão teórica e a concepção de gênero como uma construção social e cultural. Compreendendo a criança e o jovem como consumidores em potencial e que o mercado tem apostado nesse público, busca-se refletir sobre a produção potencialmente destinada a elas/eles – literatura, música, filmes, programas de TV, games, entre outros – e as representações do feminino e masculino, evidenciando o papel desses bens culturais para a (re)significação positiva, ou não, das relações de gênero em diálogo com a formação do repertório de crianças em jovens em espaços de formação (Instituições de educação básicas e outros espaços formativos). O debate promoverá a construção de um panorama do que se tem pesquisado sobre o tema e, por certo, evidenciará como as crianças e jovens tem dialogado com esses produtos.

Carga Horária
36 horas – Válidas como atividades complementares.

Local
Universidade de Caxias do Sul
Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130 – Caxias do Sul/RS

Mais informações em: https://www.ucs.br/site/eventos/vii-seminario-internacional-e-xvi-seminario-nacional-mulher-e-literatura/

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

Estamos à beira de mais um colapso de civilizações?

Grandes civilizações não são exterminadas, mas acabam com a própria existência. Essa é a conclusão do historiador britânico Arnold Toynbee em sua principal obra, Um Estudo da História, dividida em 12 volumes. Ele explorou a ascensão e a queda de 28 civilizações diferentes. O historiador estava...

O negacionismo histórico como arma política

Está em curso no Brasil um revisionismo histórico com base na negação e na manipulação de fatos. Ele é promovido por seguidores da "nova direita" e pelo próprio governo Bolsonaro. E vai além do "nazismo de esquerda." Há um revisionismo histórico, com fins políticos, em curso no Brasil. Ele é...