2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Universidades públicas paulistas criam fórum de reitores para debater crise hídrica

20/02/2015 06:50

Mandatários de instituições públicas de Ensino Superior do Estado de São Paulo divulgaram nota nesta terça (3) em que anunciam a criação de um fórum de reitores "para o debate de questões estratégicas para a sociedade e a universidade" diante da crise hídrica.
Segundo a nota, os representantes das instituições que a subscrevem (UNIFESP, IFSP, UNICAMP, UNESP, UFABC, USP e UFSCar) se declaram "articulados e mobilizados para propor ações conjuntas que visam a enfrentar os cenários que se desenham em curto, médio e longo prazos".

O texto afirma que as instituições vão planejar a adaptação das atividades às ações de contingenciamento e solicitar aos órgãos competentes informações sobre o estado da quantidade e qualidade da água destinada ao abastecimento público e geração de energia hidrelétrica em São Paulo, além de se comprometer a intensificar medidas concretas de economia e uso racional da água.

A nota anuncia ainda a criação do Painel Técnico-Acadêmico Permanente de Recursos Hídricos (PTA-Hidro) e do comitê de gestores das universidades para compartilhamento de boas práticas no uso racional da água e energia. De acordo com o texto, "o PTA-Hidro se disponibilizará a participar ativamente dos fóruns governamentais estratégicos de gestão da crise hídrica, a fim de contribuir com a qualificação do debate e com a adoção de ações de governo implementadas nos diferentes setores da sociedade".

O reitor Klaus Capelle, que representou a UFABC no evento, disse: "Há muita competência técnica acumulada nas universidades públicas e é nosso dever cívico colocar, nesse momento de crise, essa competência à disposição da sociedade, na busca de soluções viáveis. Tanto em questões de pesquisa sobre recursos hídricos e saneamento ambiental, quanto em medidas concretas de economia de água, as universidades podem, e devem, estar na vanguarda da sociedade."

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A ofensiva geral

O governo francês conta igualmente com as notícias falsas das grandes mídias para disseminar “elementos de linguagem” favoráveis a seus projetos. Um ex-ministro da Economia socialista que, mais tarde, fundou um partido liberal à sua imagem e semelhança explicou certa vez a arte e o modo de criar...

Santa bala, por Janderson Lacerda

Na guerra santa que vivemos no Brasil os MOROlistas (versão personificada dos moralistas) é quem ditarão as regras do comportamento social que deve ser cultivado na República da ordem e progresso; saudações positivistas ao filósofo Miguel Lemos! Foi-se o tempo em que as balas eram ofertadas às...