2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Trava-se a Batalha de Cannas

02/08/2018 16:49

 

Batalha de Cannas foi travada em 2 de agosto de 216 a. C., entre o exército cartaginês (gentilício dos procedentes do território africano de Cartago), comandado pelo general africano Aníbal Barca, e as tropas romanas, dirigidas pelos cônsules romanos Cayo Terencio Varrón e Lucio Emilio Paulo. Desenrolada na cidade de Cannas, em Apulia, ao sudeste da Itália, a batalha terminou com a vitória do exército cartaginês, apesar da pronunciada inferioridade numérica deste. Após a mesma, Capua e várias outras cidades estado italianas abandonaram o partido da República romana. Esta batalha é tida como um dos maiores eventos de tática militar na história, e a maior derrota da história de Roma. A Batalha de Cannas tem grande importância na história militar tanto pelas táticas de guerra, nunca antes implementadas por Aníbal, como por sua importância na história militar da antiga Roma. O confronto terminou com a derrota da República de Roma e a vitória do grupo cartaginês.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A POLÍTICA, A RELIGIÃO E A NAÇÃO

O embricamento entre política e religião remonta ao início da história do ocidente, quando a instituição teocracia era o sistema político dominante, fundada em inúmeras crenças diferentes e caracterizada pelo politeísmo preponderante. O surgimento do pensamento racional na Grécia Antiga, afastou a...

A LEI PELA LEI DE QUEM?

Na academia discutimos sobre a natureza e fundamentos da lei. Um debate, sem dúvida, filosófico que realizamos no mundo ideal, cuja perfeição nos instiga a reflexões na perspectiva real-ideal. O mundo ideal, perfeito, dos objetivos maiores que os ordenamentos jurídicos apresentam e que refletem os...