Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Surgem as primeiras notícias de campos de extermínio na Segunda Guerra

01/06/2020 11:09

Neste dia, no ano de 1942, um jornal clandestino chamado Liberty Brigade, de Varsóvia, na Polônia, tornou público, pela primeira vez, o extermínio de dezenas de judeus envenenados com gás em Chelmno, um campo de extermínio que havia iniciado suas operações sete meses antes. A notícia veio à tona com a fuga de jovem judeu, Emanuel Ringelblum, que escapou de Chelmno, onde era forçado a enterrar os corpos de mortos por envenenamento por gás. De fato, o que estava ocorrendo era a "Solução Final", o extermínio em massa dos judeus da Europa. Setecentos deles foram assassinados pelo gás inalado em furgões usado para transportá-los para a aldeia de Chelmno. Nestes veículos, os canos de escapamento soltavam gás para dentro dos veículos onde os prisioneiros eram colocados. Este método se tornaria a câmara de morte para um total de 360 mil judeus de mais de 200 comunidades na Polônia. A vantagem dessa forma de extermínio é que era silenciosa e invisível.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...