2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Seminário sobre família, contemporaneidade e conservadorismo no dia 24/03

21/03/2015 10:41

No dia 24 de março, terça-feira, das 9h às 17h, acontece o seminário “Família, contemporaneidade e conservadorismo”, promovido pelo Laboratório de Estudos da Família, Relações de Gênero e Sexualidade do Instituto de Psicologia (IP).

O objetivo do evento é construir um espaço de diálogo sobre a multiplicidade contemporânea de discursos que têm a família como centro – nos campos da política, da religião, da mídia, do direito, das políticas públicas –, com ênfase em sua importância para os setores sociais mais conservadores.

Questões como “Afinal, a que a família tem servido de apoio e que forças tem apoiado a ideia de família? E a serviço de que se tem focado e defendido a família?” serão debatidas por palestrantes de diferentes instituições e áreas de ensino, trazendo enfoques diversos e novos pontos de vista sobre a ressignificação da família nos discursos da contemporaneidade.

Este evento é gratuito e aberto ao público em geral. Os interessados devem-se inscrever pelo link (Os participantes vão receber um certificado). Também haverá transmissão ao vivo no portal IPTV.

O seminário será realizado no auditório Carolina Bori do Instituto de Psicologia, na Av. Professor Mello Moraes, 1721 – Bloco G – Cidade Universitária, São Paulo.

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A ofensiva geral

O governo francês conta igualmente com as notícias falsas das grandes mídias para disseminar “elementos de linguagem” favoráveis a seus projetos. Um ex-ministro da Economia socialista que, mais tarde, fundou um partido liberal à sua imagem e semelhança explicou certa vez a arte e o modo de criar...

Santa bala, por Janderson Lacerda

Na guerra santa que vivemos no Brasil os MOROlistas (versão personificada dos moralistas) é quem ditarão as regras do comportamento social que deve ser cultivado na República da ordem e progresso; saudações positivistas ao filósofo Miguel Lemos! Foi-se o tempo em que as balas eram ofertadas às...