2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Reis católicos derrubam Boabdil e reconquistam Granada

02/01/2018 10:05

Em 2 de janeiro de 1492, os reis católicos da Espanha, Fernando e Isabel, apoderaram-se do último reduto muçulmano na Península e expulsaram o rei Nazarí Boabdil de seu reino. Durante séculos, os estudantes do vasto mundo árabe-islâmico aprenderam que a perda do paraíso andaluz foi devido à decadência dos dirigentes das Taifas (pequenos reinos muçulmanos), que por sua ociosidade e corrupção haviam permitido que a Reconquista avançasse cada vez mais na recuperação dos territórios perdidos no século VIII. Para os historiadores, é justamente esse grande número de alianças, pactos e traições que permitiu que Granada sobrevivesse durante dois séculos. Os nazaries se mantiveram no poder mais tempo que os almorávides, membros da dinastia muçulmana, cujos exércitos não tinham adversários.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A ofensiva geral

O governo francês conta igualmente com as notícias falsas das grandes mídias para disseminar “elementos de linguagem” favoráveis a seus projetos. Um ex-ministro da Economia socialista que, mais tarde, fundou um partido liberal à sua imagem e semelhança explicou certa vez a arte e o modo de criar...

Santa bala, por Janderson Lacerda

Na guerra santa que vivemos no Brasil os MOROlistas (versão personificada dos moralistas) é quem ditarão as regras do comportamento social que deve ser cultivado na República da ordem e progresso; saudações positivistas ao filósofo Miguel Lemos! Foi-se o tempo em que as balas eram ofertadas às...