2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Reis católicos derrubam Boabdil e reconquistam Granada

02/01/2018 10:05

Em 2 de janeiro de 1492, os reis católicos da Espanha, Fernando e Isabel, apoderaram-se do último reduto muçulmano na Península e expulsaram o rei Nazarí Boabdil de seu reino. Durante séculos, os estudantes do vasto mundo árabe-islâmico aprenderam que a perda do paraíso andaluz foi devido à decadência dos dirigentes das Taifas (pequenos reinos muçulmanos), que por sua ociosidade e corrupção haviam permitido que a Reconquista avançasse cada vez mais na recuperação dos territórios perdidos no século VIII. Para os historiadores, é justamente esse grande número de alianças, pactos e traições que permitiu que Granada sobrevivesse durante dois séculos. Os nazaries se mantiveram no poder mais tempo que os almorávides, membros da dinastia muçulmana, cujos exércitos não tinham adversários.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A LEI PELA LEI DE QUEM?

Na academia discutimos sobre a natureza e fundamentos da lei. Um debate, sem dúvida, filosófico que realizamos no mundo ideal, cuja perfeição nos instiga a reflexões na perspectiva real-ideal. O mundo ideal, perfeito, dos objetivos maiores que os ordenamentos jurídicos apresentam e que refletem os...

A ÚLTIMA FRONTEIRA DO CAPITALISMO NEOLIBERAL – É AQUI

Há dez anos escrevi um artigo sobre a África, onde discorri sobre a ação do capital na porção subsaariana do continente. Os impedimentos de natureza cultural, que apesar do longo período de colonialismo europeu, se constituíam em obstáculos a plena incorporação do continente no capitalismo...