2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Japão aceita termos da Conferência de Potsdam de rendição incondicional

10/08/2018 07:37

No dia 10 de agosto de 1945, apenas um dia após o bombardeio de Nagasaki, o Japão concordou com os termos da Conferência de Potsdam de rendição incondicional assim que o presidente dos EUA, Harry S. Truman, ordenou a suspensão dos ataques com bomba atômica. No dia 6 de agosto, os norte-amerianos haviam bombardeado Hiroshima e, três dias depois, Nagasak. Além disso, havia a invasão soviética da Manchúria. Diante desse quadro, a permanência do Japão na Segunda Guerra ficou insustentável.

Tóquio divulgou uma mensagem aos seus embaixadores na Suíça e na Suécia, que foi, então, passada aos Aliados. A mensagem aceitou formalmente a Declaração de Potsdam, mas incluiu a ressalva de que "disse que a Declaração não compreenderia qualquer demanda que prejudicasse as prerrogativas de Sua Majestade (o imperador Hirohito) como governante soberano." Quando a mensagem chegou a Washington, o presidente Truman ordenou a suspensão do bombardeio atômico. Enquanto prosseguiam as negociações entre Washington e Tóquio, a luta selvagem seguia entre o Japão e a União Soviética na Man

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

GEOPOLÍTICA DE UMA NAÇÃO

GEOPOLÍTICA DE UMA NAÇÃO

O que os brasileiros precisam para que a qualidade de vida atinja a maioria? Essa é uma questão antiga que teve diversas propostas desde o “famoso” Barão de Rio Branco. Mas atualmente passado mais de um século dos primeiros projetos de formação da grande nação, nos vemos sem nenhum projeto que faça...

Direita X Esquerda

Direita X Esquerda

O campo político é formado por uma variedade de posicionamentos que representam interesses diversos, que não se resumem as posições da esquerda ou da direita, estes por sua vez se aglutinam em alinhamentos que podemos distribuir em três dimensões clássicas. A distribuição dos alinhamentos políticos...