Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Hitler admite derrota na Segunda Guerra Mundial

22/04/2020 15:57

Em 22 de abril de 1945, Adolf Hitler, informado por um de seus generais de que as forças alemãs não ofereceram resistência ao ataque russo em Ebesrwalde, admite a todos em seu bunker que a guerra foi perdida e que o suicídio era a única saída. E como confirmação de sua avaliação, o exército soviético chega a Treuenbrietzen, a 65 quilômetros do sudoeste de Berlim, liberta um campo de prisioneiros de guerra e solta, entre outros, o comandante norueguês Otto Ruge.

Na ocasião, Hitler já estava refugiado em seu bunker desde janeiro daquele ano. Ele e sua companheira, Eva Braun, teriam cometido suicídio no local no dia 29 de abril de 1945. A morte dele sempre esteve envolta em dúvidas. Muita gente acredita que, na verdade, o líder nazista escapou para a América do Sul. Recentemente, cientistas rebateram essa tese. Eles afirmaram que a análise de DNA de uma mandíbula encontrada no bunker comprova o suicídio. 

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...