Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

Heydrich dá início à Solução Final

31/07/2020 16:10

No dia 31 de julho de 1941, Herman Goering, escrevendo sob instruções de Hitler, ordenou a Reinhard Heydrich, general da SS e homem número dois de Heinrich Himmler, “para enviar o mais rápido possível um plano geral do material administrativo e medidas financeiras necessárias para realização da solução final desejada da questão dos judeus.”

Goering relatou, brevemente, o esboço para a "solução final", que foi elaborada em 24 de janeiro de 1939: "emigração e evacuação da melhor maneira possível." Este programa, que se tornaria um extermínio massivo e sistemático de pessoas, deveria abranger "todos os territórios da Europa sob a ocupação alemã."

Heydrich já havia tido alguma experiência com a organização de um plano dessa natureza, com a introdução do conceito medieval e cruel do gueto de Varsóvia, após a ocupação alemã da Polônia. Os judeus foram amontoados em áreas muradas, apertados nas grandes cidades e mantidos como prisioneiros. As suas propriedades foram confiscadas e entregues a alemães locais ou camponeses poloneses não-judeus.

Por trás deste esquema terrível, realizado mês a mês, país por país, estava Hitler, cuja "maior fraqueza foi encontrada no grande número de povos oprimidos que odiavam [ele] e sua forma imoral de governo." Esta avaliação foi do ditador soviético Joseph Stalin, dada em uma reunião no Kremlin, naquele mesmo dia, 31 de julho, com o conselheiro do presidente norte-americano Harry Hopkins.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

O carioca parece gostar de ser enganado

O que em cidades normais levaria a revoltas populares e processos judiciais, o morador do Rio de Janeiro aceita dando de ombros –  e reelege as mesmas figuras nas eleições, escreve Philipp Lichterbeck. O teleférico do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 2011....

A revolução dos bichos" de Orwell: quem são os porcos?

Obra do jornalista e escritor britânico aborda a revolução soviética de forma satírica. Apesar de ter sido escrito nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial, romance segue mais atual do que nunca, 75 anos depois. A fábula de George Orwell se passa numa fazenda: "O Sr. Jones, proprietário da Granja...