2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Egito se transformou em protetorado do Reino Unido

16/12/2017 10:22

A decadência da influência francesa no Egito foi compensada com a britânica e, dessa forma, a Grã-Bretanha chegou a controlar metade do Produto Interno Bruto do Egito, o governo, o exército e, na prática, a administração, ainda que oficialmente a monarquia mantivesse a autoridade no país. Após o dia 16 de dezembro de 1876, o Egito declarou a suspensão de pagamentos, não restando assim outra opção senão declarar-se protetorado do Reino Unido, que se comprometeu a ajudá-lo, em troca do cumprimento de rigorosas medidas econômicas, estabelecidas por uma comissão conjunta dos países europeus credores. A quantia da dívida pública foi estabelecida pela comissão e determinadas receitas ou bens produzidos em setores e/ou regiões específicas foram destinados para o pagamento da dívida. Sob um aspecto de solucionar os problemas financeiros, a comissão liderada pelo Reino Unido acabou intervindo no conjunto da política econômica egípcia e criou um governo de composição mista de egípcios e europeus, com uma maioria britânica.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A LEI PELA LEI DE QUEM?

Na academia discutimos sobre a natureza e fundamentos da lei. Um debate, sem dúvida, filosófico que realizamos no mundo ideal, cuja perfeição nos instiga a reflexões na perspectiva real-ideal. O mundo ideal, perfeito, dos objetivos maiores que os ordenamentos jurídicos apresentam e que refletem os...

A ÚLTIMA FRONTEIRA DO CAPITALISMO NEOLIBERAL – É AQUI

Há dez anos escrevi um artigo sobre a África, onde discorri sobre a ação do capital na porção subsaariana do continente. Os impedimentos de natureza cultural, que apesar do longo período de colonialismo europeu, se constituíam em obstáculos a plena incorporação do continente no capitalismo...