2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Diásporas Africanas nas Américas e Expressão Artística em Perspectiva Atlântica

27/05/2015 15:11

Natureza do curso:  Difusão
Público Alvo:
Alunos de graduação, pós-graduação, professores da rede pública, funcionários, comunidade USP e interessados em geral.

Objetivo:
Partindo de alguns textos criativos menos conhecidos da escritora afro-brasileira Carolina Maria de Jesus, autora do livro Quarto de Despejo. Diário de uma Favelada, pretende-se discutir a existência de indícios nessa literatura de diáspora que revelem fortes conexões com a África ancestral e com outras literaturas e expressões artísticas afro-americanas e afro-brasileiras. Propõe-se dessa forma uma releitura de detalhes da obra de Carolina e de outros autores e criadores afrodescendentes, como James Baldwin e João Antonio, numa perspectiva transnacional. Essa perspectiva levará em conta a história dos movimentos migratórios africanos na América e suas formas de expressividade artística e literária, tendo como eixo central sua rica inventividade comunicativa. Dar maior visibilidade a esse processo criativo e discutir suas interconexões são pontos chaves para o reconhecimento efetivo da importância dessas culturas de diáspora na construção do espaço urbano e suas sociabilidades.

 

Carga horária:  8.00h
Vagas:
Máximo de 30 alunos.

Mínimo de 01 alunos.

Certificado/Critério de Aprovação:  Para fazer jus ao certificado de extensão o aluno precisa ter o mínimo de 85% de presença.
Coordenação:  Prof. Dr. Elias Thome Saliba, da FFLCH/USP e Prof. Dr. Marcos Antonio de Moraes, do IEB/USP.
Ministrante(s):
Dra. Elena Pajaro Peres.

Promoção:  Departamento de História da FFLCH/USP e Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

Imigrante, por Janderson Lacerda

A casa ficava próxima ao rio Branco em Boa Vista. Era pequena, mas muito acolhedora. A decoração rústica, meticulosamente planejada, criava uma atmosfera aconchegante ao local. O aroma das flores e plantas fundia-se com o cheiro do rio que podia ser avistado da varanda. Após horas de conversas...

FALTA O PATRIOTISMO?

FALTA O PATRIOTISMO?

Estamos vivendo tempos que assustam aqueles que possuem um pouco de equilíbrio e pensamento racional. Não se pode deixar de lado a racionalidade sob pena dos frutos a serem colhidos no futuro serem de má qualidade, com consequente degradação da sociedade. O futuro é um projeto do que se faz hoje,...