2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Alemanha se rende incondicionalmente aos Aliados

07/05/2018 07:00

 
No dia 7 de maio de 1945, o Alto Comando Alemão, representado pelo general Alfred Jodl, assinou a rendição incondicional de todas as forças alemãs da Segunda Guerra Mundial, do Oriente e do Ocidente, em Reims, no noroeste da França.

De início, o general Jodl esperava limitar os termos da rendição alemã apenas às forças que ainda lutavam contra os aliados ocidentais. Mas o general Dwight Eisenhower exigiu a rendição completa de todas as forças alemãs, tanto as que lutavam no Oriente como no Ocidente. Se essa exigência não fosse cumprida, Eisenhower ameaçou fechar a frente ocidental, e os alemães ficariam nas mãos das forças soviéticas.

Jodl comunicou a situação ao Almirante Karl Dönitz, o sucessor de Hitler. Dönitz ordenou-lhe assinar a rendição incondicional. O general russo Ivan Então Susloparov e o general francês Francois Sevez assinaram como testemunhas, e o general Walter Bedell Smith assinou pela Força Expedicionária Aliada. Era a derrota da Alemanha ao menos no papel. A luta ainda duraria mais um dia no Oriente, contudo, a guerra no Ocidente havia acabado.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

Imigrante, por Janderson Lacerda

A casa ficava próxima ao rio Branco em Boa Vista. Era pequena, mas muito acolhedora. A decoração rústica, meticulosamente planejada, criava uma atmosfera aconchegante ao local. O aroma das flores e plantas fundia-se com o cheiro do rio que podia ser avistado da varanda. Após horas de conversas...

FALTA O PATRIOTISMO?

FALTA O PATRIOTISMO?

Estamos vivendo tempos que assustam aqueles que possuem um pouco de equilíbrio e pensamento racional. Não se pode deixar de lado a racionalidade sob pena dos frutos a serem colhidos no futuro serem de má qualidade, com consequente degradação da sociedade. O futuro é um projeto do que se faz hoje,...