2ª Licenciatura, Pós, Extensão e Cursos

Curso na Unifesp: 1945-2015 - Mundo em Chamas: Os 70 Anos do Fim da Segunda Guerra Mundial

19/02/2015 07:42

De 1939 a 1945, 60 milhões de pessoas puseram-se em armas, de 45 a 50 milhões morreram, em sua maioria população civil, número que se eleva à cifra de 80 milhões de mortos se considerarmos aqueles que pereceram vítimas de doenças e do surto de fome decorrentes da guerra. Não apenas em termos quantitativos; mas em qualidade, a Segunda Guerra Mundial apresentou ao mundo contemporâneo o brutal fenômeno do morticínio em escala industrial na forma do Holocausto que ceifou a vida de 6 milhões de judeus, do massacre de ciganos, eslavos e outras minorias sociais perseguidas pelo nazismo. Contudo, o racismo e a barbárie que tiveram curso durante o período foram multidirecionais se considerarmos o bombardeio a Dresden, os ataques incendiários sobre Tóquio, as bombas de Hiroshima e Nagasaki, a atuação da Unidade japonesa 731 que operou no norte da China, responsável pelo “Grande Estupro” de Nanquim, bem como experiências norte-americanas com sua própria população. A Segunda Guerra Mundial consistiu no período mais dramático de toda a primeira metade do século XX, palco histórico do que Eric Hobsbawm nominou como uma “guerra mundial de 31 anos”, de 1914 a 1945, tempo de uma “era das catástrofes” e de uma “era de guerra total”, por sua vez a primeira porção de uma “era dos extremos”, ou seja, do breve século XX que se estende entre 1914 e 1989. No marco dos 70 anos do término do conflito e do fim do nazismo, cujo ocaso se deu na forma das “marchas da morte” dos judeus evacuados dos campos de concentração, bem como dos ataques morticidas à população civil de Hiroshima e Nagasaki, este curso tem a finalidade de pensar criticamente o período a partir da produção historiográfica já consagrada e de novos estudos que vêm ganhando vigor nos últimos anos.

Linha Programática  Ciências Sociais
Áreas Temáticas      Principal -> Educação
                                Secundária -> Educação
Caracterização/
Natureza  Atualização
 Área de Conhecimento  História Moderna e Contemporânea

www.unifesp.br/reitoria/proex/index.php/acoes/cursos-de-extensao-e-eventos/cursos-e-eventos

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
contador de visitas

Coluna

A LEI PELA LEI DE QUEM?

Na academia discutimos sobre a natureza e fundamentos da lei. Um debate, sem dúvida, filosófico que realizamos no mundo ideal, cuja perfeição nos instiga a reflexões na perspectiva real-ideal. O mundo ideal, perfeito, dos objetivos maiores que os ordenamentos jurídicos apresentam e que refletem os...

A ÚLTIMA FRONTEIRA DO CAPITALISMO NEOLIBERAL – É AQUI

Há dez anos escrevi um artigo sobre a África, onde discorri sobre a ação do capital na porção subsaariana do continente. Os impedimentos de natureza cultural, que apesar do longo período de colonialismo europeu, se constituíam em obstáculos a plena incorporação do continente no capitalismo...