Schützer Educacional - Pós, Licenciaturas, Extensões, Profissionalizantes

A igreja pula 10 dias na História

05/10/2019 08:02

O dia 5 de outubro não existiu em 1582. Isso porque, nesta data, a maior parte da Europa substituiu o calendário juliano pelo calendário gregoriano, e a transição significou o desaparecimento dos 10 dias posteriores a 4 de outubro de 1582 na história. Com o objetivo de estabelecer o dia 20 de março como o equinócio vernal, o sábio e matemático Cristóvão Clávio recomendou que a igreja fizesse um salto de dez dias.

Assim, em outubro de 1582, o Papa Gregório XIII emitiu uma ordem para que se anulasse do calendário as datas compreendidas entre os dias 5 e 14 de outubro e se adotasse um calendário moderno e ajustado, chamado gregoriano. Os países católicos da Europa acataram a ordem do Papa Gregório imediatamente e várias nações protestantes sancionaram a medida nos anos seguintes.

Atualmente, nenhum país utiliza o calendário juliano, que tem, agora, 13 dias a menos que o calendário gregoriano. No entanto, ele ainda é utilizado por muitas igrejas ortodoxas, motivo pelo qual a Páscoa é comemorada em datas diversas pelas diferentes igrejas.

History

Pesquisar no site

Contato

Herbert Schutzer
visitas

Coluna

Justiça impõe hierarquia federativa a Diadema

A cidade de Diadema, por força do contexto nacional, resolveu unilateralmente na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) suspender o isolamento social para algumas atividades econômicas. Contudo, a justiça suspendeu a deliberação do prefeito, fazendo valer a decisão do Governo do Estado....

Monica De Bolle: “Hoje, dane-se o Estado mínimo, é preciso gastar e errar pelo lado do excesso”

Para a economista da Universidade Johns Hopkins, ministro Paulo Guedes está preso a dogmas ideológicos e mantém letargia para tomar decisões que afetam quem já está passando fome “E, para os defensores da calma e da serenidade, saibam: o momento é de urgência”, escreve a economista brasileira...